• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
Document
Auteur
Nom complet
Carolina Ortiz Rocha da Costa
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 2018
Directeur
Jury
Martins, Marcio Roberto Costa (Président)
Nogueira, Cristiano de Campos
Sawaya, Ricardo Jannini
Silvano, Débora Leite
Siqueira, Marinez Ferreira de
Valdujo, Paula Hanna
Titre en portugais
Anfíbios brasileiros categorizados como Dados Insuficientes (DD): padrões de carência de informações, previsões de risco de extinção e questões relacionadas ao uso da categoria DD
Mots-clés en portugais
Áreas prioritárias
Avaliação do estado de conservação
Modelagem adaptativa
Modelos de Distribuição de Especies
Tomada de decisão
Resumé en portugais
Estamos vivenciando o que pode ser considerado como o sexto evento de extinção global da Biodiversidade. Os anfíbios são os vertebrados mais ameaçados do mundo e ainda o número de espécies ameaçadas pode estar subestimado, pois 22% estão classificadas na categoria Dados Insuficientes (DD). O Brasil possui alta riqueza de anfíbios, porém inúmeras lacunas de conhecimento dificultam a elaboração de listas completas e prejudica a avalição do estado de conservação e o planejamento da conservação dos anfíbios brasileiros. Assim, visando contribuir efetivamente no direcionamento das ações de conservação dos anfíbios brasileiros avaliamos a influência da atitude de especialistas na classificação das espécies, e também identificamos e adaptamos ferramentas para melhor explorar os dados de distribuição disponíveis sobre as espécies DD. Foi proposto um framework de modelagem adaptativa para lidar com a escassez de dados de distribuição destas espécies e incluir a capacidade de dispersão nos modelos de distribuição de espécies. Além disso, para preencher lacunas de conhecimento dos aspectos biológicos e ecológicos das espécies de anfíbios da Mata Atlântica considerados como DD foi realizado busca na literatura e em coleções científicas, bem como a indicação de áreas prioritárias para obter informações adicionais sobre essas espécies. Identificamos que a linha de atuação dos avaliadores influencia na determinação da categoria DD, aumentando ou reduzindo a probabilidade de classificar uma espécie nesta categoria. Com isso, ressalta-se a necessidade de compor equipes multidisciplinares para avaliar o estado de conservação das espécies. O framework aqui proposto tem o potencial de inovar o processo de modelagem com poucos dados disponíveis a partir da inclusão de um dos aspectos mais difíceis de mensurar, a capacidade de dispersão da espécie. O conjunto de informações sobre as espécies DD da Mata Atlântica aumentou consideravelmente com o levantamento de dados e os modelos de distribuição de espécies, e ainda foi possível obter áreas prioritárias para aumentar o conhecimento empírico em mais de 180 municípios. Dentre as categorias de unidades de conservação mais frequentes como áreas prioritárias, destacam-se as Reservas Particulares do Patrimônio Natural nas regiões nordeste e sul, e as Áreas de Preservação permanente na região sudeste. Os resultados deste estudo contribuem efetivamente para o processo de avaliação do estado de conservação dos anfíbios brasileiros, especialmente das espécies DD da Mata Atlântica, de modo que possa ser utilizado no planejamento sistemático da conservação deste grupo. As abordagens utilizadas neste estudo podem servir de modelos para outras espécies ou grupos taxonômicos, reduzindo lacunas e incertezas no processo de avaliação do estado de conservação de espécies.
Titre en anglais
Brazilian amphibians categorized as Data Deficient (DD): patterns of lack of information, predictions of risk extinction and issues related to the use of DD category
Mots-clés en anglais
Adaptive modeling
Decision-making
priority areas
Risk assessment
Species Distribution Models
Resumé en anglais
We are experiencing what could be considered as the sixth global biodiversity extinction event. Amphibians are the most threatened vertebrates in the world, and still the number of endangered species might be underestimated because 22% are classified in the category data deficient (DD). Brazil has a high richness of amphibians, but several knowledge gaps make it difficult to compile complete lists and impair the evaluation of the conservation status and the conservation planning of Brazilian amphibians. Thus, in order to contribute effectively in directing conservation actions for Brazilian anphibians we evaluated the influence of experts attitude on species classification, and also identified and adapted tools to better explore the available data on DD species. It was proposed an adaptive modeling framework to deal with the scarcity of these species distribution data and include dispersion capacity in species distribution modeling. In addition, to fill knowledge gaps of biological and ecological aspects of amphibian species of the Atlantic forest considered as DD literature search and in scientific collections were conducted, as well as the indication of priority areas for gathering additional information about these species. We identified that the line of action of the evaluators influences the determination of the DD category, increasing or reducing the probability of classifying a species in this category. Thereby, it`s emphasized the need to compose multidisciplinary teams to assess species conservation status. The framework proposed here has the potential to innovate the modeling process through the inclusion of one of the most difficult aspects to be measured, the species dispersion capacity. The set of information about DD species of the Atlantic forest has increased considerably with the survey and the species distribution models, and it was still possible to obtain priority areas to increase the empirical knowledge in more than 180 municipalities. Among the categories of protected areas most frequent as priority areas, Private Reserves stands out in the Northeast and South regions and Areas of Permanent Preservation the Southeast. Results of this study contribute effectively to the process conservation status assessment of amphibians, especially DD species from the Atlantic forest, so that it could be used in conservation systematic planning of this group. The approaches used in this study could serve as models for other species or taxonomic groups, reducing gaps and uncertainties in the process of evaluation of species conservation status.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2019-04-04
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.