• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.91.2011.tde-30052011-082815
Documento
Autor
Nombre completo
Natalia Fraguas Versiani
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 2011
Director
Tribunal
Duarte, José Maurício Barbanti (Presidente)
Percequillo, Alexandre Reis
Rodrigues, Flavio Henrique Guimaraes
Título en portugués
Área de vida e uso de habitat por fêmeas de veado-campeiro (Ozotoceros bezoarticus) nos diferentes períodos reprodutivos, no Pantanal Sul-Matogrossence
Palabras clave en portugués
Ecologia animal
Espécies animais - Conservação
Habitat
Sazonalidade
Sistema de Posicionamento Global
Veados.
Resumen en portugués
As populações de veado-campeiro vêm sofrendo constantes ameaças, principalmente pela caça excessiva e destruição de seu habitat. A escassez de conhecimento sobre a biologia da espécie dificulta a elaboração de diferentes formas de manejo. Assim, há necessidade de estudos básicos para a instituição de programas para a conservação do veado-campeiro, principalmente no Brasil. O presente estudo teve como objetivos estimar o tamanho da área de vida de fêmeas de veado-campeiro, além de quantificar e comparar o uso de habitat pelas mesmas nos períodos reprodutivos e não-reprodutivos no Pantanal Sul-Matogrossense. Foram utilizadas quatro fêmeas de veado-campeiro em vida livre marcadas com colares de GPS modelo ATS® G2110, as quais tiveram suas localizações registradas a cada 13 horas por um período de aproximadamente 12 meses. Os cálculos para área de vida foram feitos através do programa ArcView® GIS versão 3 Extensão Animal Movement, usando os métodos do Mínimo Polígono Convexo (MPC) com 100% das localizações, e Kernel fixo com 95%, 70% e 50% de probabilidade de uso, sendo os dois últimos para estimativas dos centros de atividade. As fêmeas tiveram uma área de vida anual média de 549,88ha ± 124,76 quando estimado pelo MPC e 258,69ha ± 34,54 quando estimado por Kernel com 95% de probabilidade de uso. Quanto às áreas de uso mensais por status reprodutivo, não houve diferença significativa entre os meses (p > 0,05), evidenciando apenas uma pequena diminuição no tamanho das áreas de vida durante o período de aleitamento e um aumento nas épocas de acasalamento. Os habitats foram estabelecidos pelo tipo de vegetação predominante na área e foram caracterizados por imagem de satélite Landsat-5 e verificação in loco da região de estudo. Para verificar se houve uso desproporcional entre as categorias de habitats em relação à disponibilidade em suas respectivas áreas de vida foi usado o teste qui-quadrado de qualidade de ajustamento (chi-square goodness-of-fit test) e posterior estimativa do intervalo simultâneo de confiança de Bonferroni. Na análise anual, os habitats campo e baía foram selecionados, apesar deste último ser o menos abundante, enquanto floresta e caronal foram evitados pelas fêmeas de veado-campeiro. No entanto, ao analisarmos a seleção de habitat mensalmente para comparar o uso entre os diferentes status reprodutivos, o habitat campo tendeu a ser preferido, mas seu uso foi igual ao disponível em todos os períodos. Sendo assim, este estudo elucidou algumas informações sobre a ecologia do veado-campeiro, a fim de facilitar o desenvolvimento de programas de conservação para a espécie.
Título en inglés
Home-range and habitat use by females of Pampas Deer (Ozotoceros bezoarticus) in different reproductive periods, in Pantanal Sul-Matogrossense
Palabras clave en inglés
Habitat selection
Home range
Ozotoceros bezoarticus.
Spatial ecology
Resumen en inglés
The pampas deer populations have been under constant threats, mainly by excessive hunting and habitat destruction. The lack of knowledge about the biology of the species hampers the development of different forms of management. Thus, there is a need for basic studies of establishment of conservation programs, mainly in Brazil. This study aimed to estimate the size of home-range, to quantify and compare the habitat use by females in reproductive and non-reproductive periods rights in Pantanal Sul-Matogrossense. Four females of pampas deer were marked with GPS collars, model ATS® G2110, which had recorded their locations every 13 hours for approximately 12 months. The calculations for home-range were made using the Arcview® GIS version 3 Extension Animal Movement, using the methods of the minimum convex polygon (MPC) with 100% of the locations, and fixed Kernel 95%, 70% and 50% of probability, being the last two for estimating the activity centers. The females had an annual home-range average of 549.88 ± 124.76 ha when estimated by MPC and 258.69 ± 34.54 ha when estimated by Kernel with 95% of probability. For the monthly home-ranges for reproductive status, no significant difference among months (p > 0.05), showing only a slight decrease in the size of home-range during the suckling period, increasing in the mating seasons. The habitats were established by the type of dominant vegetation and characterized by landsat-5 imaging satellite and in loco verification of the study area. To determine if there was disproportionate use of habitats between the categories regarding availability in their respective home-range, was used the chi-square goodness-of-fit test and subsequent estimation of Bonferroni simultaneous confidence intervals. In annual analysis, field and bay habitats were selected, despite the last being the less abundant, while forest and caronal were avoided by females of pampas deer. However, when analyzing the monthly habitat selection to compare the use between the different reproductive status, the habitat field tended to be preferred, but its use was equal to that available in all periods. Thus, this study clarified some informations about the ecology of pampas-deer, facilitating conservation programs development for the species.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-06-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.