• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2010.tde-10052010-101210
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Correia das Neves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Pazello, Elaine Toldo (Presidente)
Belluzzo Junior, Walter
Menezes Filho, Naercio Aquino
Título em português
Efeitos da progressão continuada sobre a proficiência dos estudantes do ensino fundamental
Palavras-chave em português
Ciclos
Ensino fundamental
Proficiência
Progressão continuada
SAEB
Resumo em português
Muita discussão tem sido lançada sobre a adoção da progressão continuada como forma de organização do ensino fundamental no Brasil. Embora os trabalhos acadêmicos apontem na direção de que esta forma de organização não influencie o rendimento dos alunos a mesma opinião não é compartilhada pelos professores, estes normalmente têm uma opinião avessa à adoção deste regime de ensino. Trabalhos anteriores não analisaram o efeito da progressão continuada ao longo do tempo, identificando esta lacuna, esta dissertação pretende analisar os efeitos da mudança no regime de ensino de série para a progressão continuada sobre a proficiência dos alunos do ensino fundamental ao longo do tempo, utilizando dados em painel para esta finalidade. Neste estudo fazemos uso dos micro-dados dos Censos Escolares dos anos de 1999 e 2003 e dos SAEBs dos mesmos anos. Nossos resultados utilizando o método de diferenças em diferenças mostram que escolas que partiram inicialmente de séries e passaram a adotar ciclos tiveram um aumento na proficiência de seus estudantes de quarta série e esta política não teve um impacto estatisticamente significativo para os estudantes das oitavas séries. No entanto,o exercício robustez que fez o caminho contrário, ou seja, analisou a variação de proficiência nas escolas que transitaram de ciclo para série, também encontraram resultados positivos para esta mesma série, o que não nos permite inferir que exista um efeito causal resultante da adoção da política de progressão continuada.
Título em inglês
The effects of non-repetition policy over the proficiency of elementary school students
Palavras-chave em inglês
Continued progression
Cycles
Elementary schools
Proficiency
SAEB
Resumo em inglês
Much discussion has been cast on the adoption of the continued progression as a way of organizing elementary schools in Brazil. Although previous academic work point in the direction that this form of organization does not influence the performance of students the same opinion is not shared by teachers, they usually have an opinion averse to adopting this system of education. Previous studies did not examine the effect of continued progression over time, identifying this gap, this work aims to analyze the effects of changing the system of education from grades to the continued progression on the proficiency of elementary school students over time, using panel data for this purpose. In this study we use SAEB´s microdatabase and Censo Escolar from the years of 1999 and 2003. Our results using the difference in difference method show that schools that initially left the grades system and have adopted learning cycles had an increased proficiency of its students from fourth grade and the same policy had not a statistically significant impact for students of eighth grades. However, the schools that made the opposite transition, that is the variation of proficiency in schools that were carried over from cycle to series, also found positive results for this same transition, which does not allow us to infer that there is a causal effect resulting from adoption of the policy of cycles.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RafaelCorreiaNeves.pdf (268.97 Kbytes)
Data de Publicação
2010-07-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.