• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2014.tde-18082014-092709
Documento
Autor
Nome completo
Graziella Magalhães Candido de Castro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Toneto Junior, Rudinei (Presidente)
Chagas, André Luis Squarize
Sakurai, Sérgio Naruhiko
Título em português
O impacto dos componentes da infraestrutura pública sobre o crescimento das cidades brasileiras: uma análise espacial do período de 1970 a 2010
Palavras-chave em português
Crescimento Econômico Regional
Econometria Espacial
Infraestrutura
Resumo em português
Na literatura econômica, há um grande interesse no estudo sobre a dinâmica do crescimento das cidades e os fatores que a influenciam. A motivação principal dos pesquisadores é verificar por que algumas cidades crescem enquanto outras permanecem estagnadas, e quais são os fatores que contribuem para o fluxo de migração de fatores de produção para os grandes centros urbanos. Neste sentido, o presente trabalho procura avaliar o impacto da infraestrutura pública sobre o crescimento econômico das cidades brasileiras - mensurado por meio do crescimento populacional e salarial. O acesso à infraestrutura é um dos principais fatores que determinam o desenvolvimento econômico e é considerado um dos maiores entraves para a o crescimento econômico do Brasil. Boa infraestrutura pode garantir serviços básicos, bem como externalidades positivas sobre a saúde, meio ambiente, produtividade e possibilidades de investimento. Os dados dos Censos Demográficos, utilizados nesta dissertação, mostraram que o país experimentou um forte crescimento no acesso à infraestrutura no período de 1970 a 2010. O acesso ao bastecimento de água, a coleta de esgoto, energia elétrica e a telefonia mais do que dobrou no período analisado. Tendo em vista que os municípios brasileiros são suscetíveis a diversas formas de interações entre si, é de se esperar que existam efeitos espaciais entre estes. Portanto, para analisar os impactos da infraestrutura sobre o crescimento econômico regional, foi utilizada a metodologia econométrica de dados em painel com dependência espacial. Como esperado, os resultados mostram que as variáveis de infraestrutura afetam positivamente o crescimento econômico regional, sendo o acesso à energia elétrica e a telefonia as variáveis com maior impacto.
Título em inglês
The impact of the components of public infrastructure on growth of Brazilian cities: A spatial econometric analysis of the period 1970-2010
Palavras-chave em inglês
Infrastructure
Regional Economic Growth
Spatial Econometrics
Resumo em inglês
In the economic literature there is a great interest in the study of the dynamics of the growth of cities and the factors that influence it. The main attraction of the researchers is to check why some cities grow while others remain stagnant, and what are the factors that contribute to the migration flow of production factors to the major urban centers. In this sense, this paper seeks to assess the impact of public infrastructure on economic growth of Brazilian cities - measured by population and wage growth. Since the access to infrastructure is one of the main factors determining economic development and is considered one of the greatest barriers to the economic growth in Brazil. Good infrastructure can guarantee basic services, as well as positive externalities in health, environment, productivity and possibilities for investment. Data from Demographic Censuses, used in this paper, showed that the country experienced strong growth in the access to infrastructure in the period of 1970-2010. The access to water supply, the sewage collection, electricity and telecommunications more than doubled during the period analyzed. In order to measure the effects of infrastructure on regional economic growth, we used the econometric analysis of panel data with spatial dependence, since the Brazilians' municipalities are susceptible to diverse forms of interactions among them, is to be expected that exist spatial effects between them. As expected, the results show that the infrastructure variables positively affect the variation of income, being the access to electricity and telecommunications the variables with the greatest impact.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-10-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.