• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2012.tde-01032012-135400
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Chiaretti Novi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Sonia Valle Walter Borges de (Presidente)
Amui, Lara Bartocci Liboni
Schalch, Valdir
Título em português
Avaliação legal, ambiental e econômico-financeira da implantação de sistema próprio de tratamento de resíduos de serviços de saúde no HC-FMRP-USP para geração de energia
Palavras-chave em português
Estudo de Viabilidade
Gaseificação e Combustão Combinadas (GCC)
Geração de energia
Resíduos de Serviços de Saúde (RSS)
Tratamento de Resíduos de Serviços de Saúde
Resumo em português
Encontrar soluções para a problemática dos resíduos e, em virtude da crescente demanda por energia, diminuir a dependência dos combustíveis fósseis têm constituído grandes desafios para os pesquisadores. O setor hospitalar é um potencial gerador dos chamados Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) que também apresenta um alto consumo de energia em decorrência do seu período de funcionamento e de equipamentos que necessitam de infraestrutura adequada. Apesar de representarem uma pequena parcela perante o montante dos Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), no Brasil, nem todos os geradores se preocupam com seu tratamento e destinação final. O emprego de tecnologias desenvolvidas para o tratamento desses resíduos com a possibilidade de recuperação energética deve ser avaliado. O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC-FMRP-USP) gera cerca de 1,9 ton/dia de RSS. Nesse contexto, o objetivo geral desta pesquisa foi avaliar a viabilidade legal, ambiental e econômico-financeira da implantação de um sistema próprio de tratamento de RSS no HCFMRP- USP para geração de energia. A metodologia foi estruturada em pesquisa exploratória, coleta de dados por meio de entrevistas semi-estruturadas com responsáveis pelo setor dos RSS no hospital, com pesquisadores da área da saúde, de escolas de engenharia, órgãos técnicos e indústrias fabricantes dos equipamentos; levantamento bibliográfico e análise de conteúdo. Para a avaliação econômico-financeira, foi empregada a avaliação custoefetividade. Estudos comparativos sobre os tipos de tratamento disponíveis e utilizados nacionalmente foram considerados. Assim, o processo que melhor se adequou ao sistema proposto foi o da incineração com tecnologia de gaseificação e combustão combinadas (GCC). Os resultados demonstraram que o sistema proposto está sob a égide da lei contemplando, inclusive, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), desde que mediante anuência do Conselho Gestor do campus da USP e de sua Comissão de Meio Ambiente, além do devido processo de licenciamento ambiental junto à CETESB e pré-análise dos RSS. Contudo, sob o aspecto ambiental há questões públicas e políticas sobre a aceitação de sua implantação no complexo hospitalar. Embora haja o emprego de avançada tecnologia, o equipamento avaliado necessita de instalação, manutenção e monitoramento adequados por profissionais capacitados para operá-los, a fim de se evitar possíveis danos às pessoas e ao meio-ambiente, para isso, os envolvidos devem agir com responsabilidade. Por fim, sob o aspecto econômico-financeiro houve um empate técnico entre os custos do tratamento realizado atualmente e os da proposta do investimento. Assim, esse último aspecto avaliado incidiu sobre o benefício implícito da decisão de se implantar ou não o processo. Portanto, considera-se a viabilidade da implantação de um sistema próprio para tratamento de RSS no HCFMRP-USP para geração de energia sob os três aspectos: legal, ambiental e econômicofinanceiro.
Título em inglês
Legal, environmental and economic-financial assessment to implement a private system to treat medical waste at HC-FMRP-USP in order to generate energy
Palavras-chave em inglês
Energy Generation
Feasibility study
Gasification Combined Cycle (GCC)
Medical Waste (MW)
Medical Waste Treatment
Resumo em inglês
Finding solutions to the waste problem and reducing dependence on fossil fuels due to the growing demand for energy have become big challenges for researchers to deal with. Hospitals are large producers of Medical waste (MW) and also big energy consumers due to their long running hours and the running of equipment that demands adequate infrastructure. Despite accounting for a small share of all the Municipal Solid Waste (MSW) not all producers, in Brazil, are concerned about waste treatment and its final destination. The use of technologies developed with the aim of treating such waste in order to generate energy has to be assessed. The Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP-USP) generates around 1.9 tons of waste per day. In this context, the general aim of this research program was to assess the legal, environmental and economic-financial feasibility of the implementation of a private system of biomedical waste treatment at HCFMRP-USP in order to generate energy. The method was structured in exploratory research, data gathering by means of semi-structured interviews with MW department staff at the hospital, with Health researchers, with Engineering College researchers, technical organizations and equipment manufacturers, besides bibliographic referencing and content analysis. Cost-effectiveness analysis was used for the economic-financial analysis. Comparative studies of the types of treatment available and used nationwide were taken into consideration. Thus, the process which best suited the proposed system was that of incineration by means of Gasification Combined Cycle (GCC). Results showed that the proposed system is under the support of Law and it also takes into consideration the National Policy for Solid Waste (NPSW), provided that it has the approval of the Director Council of the Administration of the campus of USP and of its Environment Committee as well as appropriate environmental licenses granted by CETESB and pre-analysis of MW. However, under the environmental aspect, there are public and political issues regarding the acceptance of this implementation in the hospital premises. Although there is the use of advanced technology, the equipment which was assessed needs to be installed, maintained and monitored adequately by professionals trained to operate it so as to avoid possible damage to humans and the environment. Staff involved must be responsible. Finally, under the economic-financial aspect there was a draw between the costs of the treatment conducted at present and those of the proposed investment. Therefore, this last aspect assessed prevailed over the implicit benefit of the decision on whether to implement the process or not. However, the feasibility of the implementation of a private MW treatment system at HC-FMRP-USP in order to generate energy is to be considered under the legal, environmental and economicfinancial aspects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-03-06
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • NOVI, J. C., et al. Avaliação legal, ambiental e econômica da implantação de sistema próprio de tratamento de Resíduos de Serviços de Saúde para geração de energia em hospital-escola do Estado de São Paulo. Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPR) [online], 2013, vol. 27, p. 193-209. Dispon?vel em: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/made/article/view/28407/20680.
  • NOVI, J. C., et al. Resíduos de Serviços de Saúde - Pluralidade normativa e questões associadas desde sua geração até a disposição final. Fórum de Direito Urbano e Ambiental [online], 2013, vol. 12, p. 41-56. Dispon?vel em: http://bdjur.stj.jus.br/dspace/handle/2011/70210.
  • NOVI, J. C., OLIVEIRA, S. V. W. B., e SALGADO JÚNIOR, Alexandre Pereira. SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DOS RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE (RSS): ABORDAGEM NORMATIVA E A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS. DELOS: Desarrollo Local Sostenible [online], 2013, vol. 6, p. 1-18. Dispon?vel em: http://www.eumed.net/rev/delos/18/gestao-residuos.pdf.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.