• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2010.tde-07012011-113511
Documento
Autor
Nome completo
Karina de Cillo Bazzo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Porto, Geciâne Silveira (Presidente)
Torkomian, Ana Lúcia Vitale
Turchi, Lenita Maria
Título em português
Redes de cooperação das multinacionais brasileiras: um mapeamento a partir das patentes
Palavras-chave em português
Cooperação Universidade- Empresa
Inovação tecnológica
Redes de cooperação
Resumo em português
À medida que a inovação se torna um ponto fundamental para a agregação de valor das empresas, o seu gerenciamento torna-se uma ferramenta essencial para garantir a competitividade das organizações no mercado. Neste contexto, a cooperação universidade-empresa surge como uma alternativa externa às empresas para o desenvolvimento de suas aptidões inovadoras. Considerando a importância destas cooperações para o desenvolvimento econômico, a presente pesquisa teve como objetivo o mapeamento das redes de relacionamentos a partir dos projetos de desenvolvimento tecnológico desenvolvidos entre as empresas multinacionais brasileiras, suas subsidiárias e universidades ou institutos de pesquisas, por meio das concessões de patentes, que abrangem os modelos de invenção, de modelo de utilidade, depositados em bancos nacional e internacional. O estudo é uma pesquisa qualitativa, com abordagem descritiva, utilizando o método de levantamento de dados secundários dos bancos de pedidos de patentes nacional (Instituto Nacional de Propriedade Industrial - INPI) e internacional (Escritório Europeu de Patentes - EPO). O universo da pesquisa abrange quatro empresas multinacionais brasileiras, do setor de extração ou de transformação de recursos naturais, que desenvolvem atividades de Pesquisa e Desenvolvimento em processos de cooperação tecnológica. As patentes concedidas para estas empresas foram analisadas com o intuito de se verificar quais destes documentos envolviam projetos de cooperação tecnológica; e a partir do uso da análise de redes sociais examinou-se e mapeou-se as estruturas das redes de relacionamentos, destas organizações com suas subsidiarias e universidades ou institutos de pesquisa. Esta pesquisa demonstra o processo de cooperação tecnológica no Brasil e sua dinâmica, enfatizando a importância do envolvimento em redes de cooperação para o fortalecimento da inovação tecnológica nas organizações.
Título em inglês
Brazilian multinational collaboration networks: a patent mapping
Palavras-chave em inglês
Collaboration networks
Technological innovation
University-industry collaboration
Resumo em inglês
As innovation becomes a fundamental issue to aggregate value to companies, its management is an essential tool to guarantee market competitiveness among organizations. In this context, university-industry collaboration appears as an external alternative for companies to develop their innovation aptitudes. Considering the importance of these collaborations for economic growth, the present research aims at mapping relationships networks among Brazilian multinational companies, their subsidiaries and research institutes or universities through patent concessions, registered in national and international databases. This is a descriptive qualitative study based on secondary data methodology research from national and international patent databases (INPI National Institute for Industrial Property and EPO European Patent Office). The research includes four Brazilian multinational companies from the natural resource extraction and transformation industry involved in research and development collaboration with other organizations. Their patents have been analyzed in order to verify which documents are involved in technology cooperation projects; thereafter, the social network analysis has been used to study relationship structures and map their collaboration networks. This research demonstrates the collaboration process and its dynamics in Brazil and shows the importance of being involved in collaboration networks that will strengthen technological innovation in organizations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KarinaCBazzo.pdf (1.38 Mbytes)
Data de Publicação
2011-01-25
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • PORTO, G. S., e BAZZO, K. C. Redes de cooperação formadas a partir dos convênios apoiados pelos Fundos Setoriais. In . Os impactos dos Fundos Setoriais no Brasil (titulo provisório). Organizador. IPEA, 2013{Volume}, p. 1-30.http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-07012011-113511/
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.