• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.96.2014.tde-21102014-090717
Documento
Autor
Nome completo
Marco Antonio Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Jabbour, Charbel José Chiappetta (Presidente)
Oliveira, Sonia Valle Walter Borges de
Pádua, Silvia Inês Dallavalle de
Pedrozo, Eugenio Avila
Silva, Tania Nunes da
Título em português
Maturidade em gestão ambiental e adoção de práticas de Green Supply Chain Management: proposta de um framework integrador à luz da análise de múltiplos casos em cadeias de alto impacto ambiental
Palavras-chave em português
Brasil e Framework.
Níveis de maturidade de gestão ambiental
Níveis de maturidade em green supply chain managment
Práticas de green supply chain managment
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é identificar a relação dos níveis de maturidade em gestão ambiental com a intensidade da adoção de práticas de Green Supply Chain Management (GSCM), por meio de um framework integrador desses dois conceitos e de evidências oriundas de múltiplos casos. Os fatores que motivaram a concepção de tal objetivo são: a inexistência, até o momento, de um framework integrador entre níveis de maturidade em gestão ambiental e práticas de GSCM; a ausência de estudos similares da relação maturidade da gestão ambiental-GSCM com empresas localizadas em países em desenvolvimento, como o Brasil; e, por fim, analisar a aderência desse framework integrador a empresas pertencentes a setores que tenham alto impacto ambiental antrópico. Para o alcance do objetivo, foi realizada uma sistematização junto à literatura que versa sobre maturidade de gestão ambiental, tipologia das práticas de GSCM, obtendo-se um conjunto mais amplo de práticas de GSCM, e um framework integrador original, aqui chamado de "Níveis de maturidade em GSCM". Para verificar sua aderência a situações práticas, foram analisados cinco casos inseridos em cadeias de suprimentos com alto impacto ambiental, sendo que duas empresas são pertencentes a cadeias de suprimentos de pilhas e baterias, duas empresas pertencentes a cadeia de defensivos agrícolas e uma empresa pertencente à cadeia automotiva. Verificou-se que das cinco empresas analisadas: (a) uma empresa adotava poucas práticas de GSCM motivada pelo cumprimento da legislação ambiental restritiva; (b) uma empresa adotava um número médio de práticas de GSCM, principalmente as ligadas ao retorno de investimentos, motivada pela redução de custos; (c) e três empresas adotavam um número elevado de práticas de GSCM, tendo em comum a adoção de práticas de GSCM dos tipos gestão ambiental interna, redução de resíduos e minimização de riscos e comunicacionais, motivadas pela obtenção de vantagens competitivas. Verificou-se, simultaneamente, a aderência do framework integrador proposto à luz dos casos anteriormente citados, tendo se mostrado sensível para avaliar flutuações entre os níveis de maturidade de gestão ambiental e a adoção das práticas de GSCM, cumprindo sua função original e obtendo-se a seguinte classificação de níveis de maturidade em GSCM: (a) o primeiro, nível reativo em GSCM com baixa adoção de práticas de GSCM motivadas por restrições legais; (b) o segundo, nível preventivo em GSCM, com média adoção de práticas de GSCM, principalmente relacionadas a diminuição de custos; (c) e o terceiro, nível proativo em GSCM, onde há a busca por obtenção de vantagens competitivas. Revelou-se, adicionalmente, que tende a existir um padrão na adoção de práticas de GSCM por parte das empresas, vinculado a cada nível de maturidade em GSCM. Acredita-se que esse padrão evolutivo de GSCM pode ser usado por dirigentes organizacionais ou por gestores públicos para fomentar a adoção de práticas de GSCM. Este trabalho, até onde é de conhecimento do autor e até onde revelam buscas sistemáticas realizadas junto aos portais Web of Science e Scopus, é a primeira pesquisa a relacionar níveis de maturidade de gestão ambiental a práticas de GSCM, aplicada a cinco casos com alto impacto ambiental do Brasil.
Título em inglês
Maturity levels of environmental management and adoption of practices of Green Supply Chain Management: proposal of an integrative framework the light of the analysis of multiple cases where chains of high environmental impact
Palavras-chave em inglês
Brazil and Framework
level of maturity in Green Supply Chain Management
Maturity levels of environmental management
Practices of Green Supply Chain Management
Resumo em inglês
The objective of this work is to identify the relationship between maturity levels of environmental management with the intensity of adoption of practices of Green Supply Chain Management (GSCM), through the proposal of an integrative framework of these two concepts and a multiple case study. The factors that motivated the design of this goal are: the absence so far of an integrative framework between maturity levels in environmental management and GSCM practices; the scarcity of similar studies of the relationship of environmental maturity GSCM with companies located in developing countries, such as Brazil; and, finally, analyze the adherence of this integrative framework to companies belonging to sectors that have high environmental impact. To achieve the goal, a deep literature review was performed with the literature dealing with environmental management maturity, GSCM practices, obtaining a broader set of GSCM practices, and a unique integrative framework, here called "Levels of maturity on GSCM". To verify its adherence to the real world, five cases were analyzed in supply chains with high environmental impact. It was found that: (a) a company few had adopted GSCM practices motivated by compliance with strict environmental legislation; (b) a company had adopted an average number of GSCM practices, especially those relating to investment returns, driven by cost saving; (c) and three companies had adopted a large number of GSCM practices, having in common the adoption of GSCM practices types of internal environmental management, waste reduction and risk minimization and communication, motivated by obtaining competitive advantages. It was found a sensitive framework with the following classification levels of maturity on GSCM: (a) the first, reactive level GSCM with low adoption of GSCM practices motivated by legal restrictions; (b) the second level (preventive) GSCM, mean adopting GSCM practices, primarily related to saving costs; (c) and the third, (proactive) level in GSCM, where there is the search for competitive advantages. Additionally it was found a kind of pattern in the adoption of GSCM practices by firms, linked to each level of maturity in GSCM. It is believed that this evolutionary pattern of GSCM can be used by organizational leaders or public officials to foster the adoption of GSCM practices. This work, so far as is known to the author and to reveal where systematic searches conducted with the Web of Science and Scopus data bases, is the first study to relate maturity levels of environmental management practices of GSCM, applied to five cases with high impact environmental Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.