• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.96.2016.tde-22022016-170432
Documento
Autor
Nome completo
José Alberto de Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Mendonça, Paulo Sergio Miranda (Presidente)
Amui, Lara Bartocci Liboni
Jabbour, Charbel José Chiappetta
Mendes, Luciano
Sobreiro, Vinicius Amorim
Título em português
Gestão de projetos sociais corporativos - perspectiva da Teoria dos Stakeholders
Palavras-chave em português
Engajamento dos estakeholders
Gestão de projetos sociais
Projetos sociais corporativos
Responsabilidade Social Corporativa
Teoria dos Stakeholders
Resumo em português
Poucos avanços foram observados na gestão de projetos sociais corporativos. Todavia, houve relevantes avanços em trabalhos teóricos da área da Teoria dos Stakeholders: área que pode contribuir com conceitos e ideias a serem utilizadas na gestão de projetos sociais por ter muitos pontos de contato com a mesma. A presente pesquisa teve por objetivo investigar como ocorrem os processos de gestão nos projetos sociais corporativos. Essa investigação se deu em três etapas: a primeira compreendeu um estudo exploratório sobre a estrutura existente em projetos sociais ofertados pelas 100 maiores empresas brasileiras. A segunda etapa compreendeu um questionário aplicado aos gestores de projetos sociais nas 100 maiores empresas brasileiras, com o objetivo de compreender se as variáveis advindas da Teoria dos Stakeholders são efetivamente aplicadas na gestão de projetos sociais corporativos. Na terceira e última etapa, foi aplicado o estudo de um caso com stakeholders participantes de um projeto social, visando aprofundamento do tema com vistas a verificar se as variáveis identificadas na pesquisa foram utilizadas no processo de gestão de projetos sociais. Finalmente, os resultados das três etapas da pesquisa foram apresentados e comparados ao referencial teórico com o propósito de responder o objetivo central da pesquisa e de refletir sobre como variáveis e constructos advindos da Teoria dos Stakeholders podem ser utilizados na gestão de projetos sociais oferecidos à comunidade por parte das organizações privadas. Observou-se que 85% das empresas declaram financiar projetos sociais, mas apenas 15% delas declaram envolver seus stakeholders e 17% declaram controlar resultados de seus projetos sociais, parecendo indicar baixo comprometimento dessas organizações para com a gestão de seus projetos sociais. Também parece haver baixa preocupação com a avaliação de projetos por parte dos gestores e que a opinião que os beneficiários possuem do projeto depende, em parte, do nível de interação que o gestor possui com sua equipe de trabalho. Nas entrevistas em profundidade realizadas em um projeto social patrocinado por uma empresa classificada como nível inicial na gestão de projetos, verificaram-se opiniões divergentes entre os públicos entrevistados. A gerente de projetos e os beneficiários do projeto declararam que a gestão do projeto social analisado não ocorreu conforme as variáveis selecionadas na pesquisa, enquanto as professoras ligadas ao projeto perceberam que grande parte dessas variáveis foi utilizada na gestão. Futuros estudos podem ampliar as contribuições trazidas por esta pesquisa ao incluir o setor financeiro na amostra, ao expandir o número de gestores respondentes e ao aplicar a pesquisa a diversas organizações.
Título em inglês
Management of Corporate Social Projects - Perspective of the Stakeholders' Theory
Palavras-chave em inglês
Corporate social projects
Corporate Social Responsibility
Engajamento dos estakeholders
Gestão de projetos sociais
Stakeholders Theory
Resumo em inglês
Few advances were observed in the management of corporate social projects. However, there were significant advances in theoretical studies of the area of the Theory of Stakeholders: area that can help with concepts and ideas to be used in social project management because it has many points of contact with it. This research aimed to investigate as it happens the management processes in corporate social projects. This research is subdividided in three stages: the first, realized an exploratory study on the structure of social projects offered by the 100 largest Brazilian companies. The second stage comprised a questionnaire that the social project managers in the 100 largest Brazilian companies, in order to understand the variables arising from the Theory of Stakeholders are effectively applied in managing corporate social projects. In the third and final stage, a case study was applied with participating stakeholders of a social project aimed at deepening theme in order to verify if the variables identified in the survey were used in social project management process. Finally, the results of the three stages of the research were presented and compared to the theoretical framework in order to answer the central objective of the research and to reflect on how variables and constructs arising from the Theory of Stakeholders can be used in social project management offered to the community by private organizations. It was observed that 85% of companies claim finance social projects, but only 15% of them declare involve stakeholders and 17% declare control results of its social projects, seems to indicate low commitment of these organizations to the management of its social projects. Also there seems to be insufficient concern with the assessment of projects by managers and that the view that beneficiaries have the project depends in part on the level of interaction that the manager has with his team's work. In applying the case study on a company classified as initial level in project management, there are differing opinions among respondent's audiences. The project manager and project beneficiaries said that the management of social project analyzed did not occur as the variables selected in the survey, while the teachers realized that many of these variables was used in management. Future studies may expand the contributions made by this research to include the financial sector in the sample, to expand the number of respondent's managers and applying research to several organizations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.