• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2017.tde-06012017-151612
Documento
Autor
Nome completo
Bianca Thomazella
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pagliarussi, Marcelo Sanches (Presidente)
Bortolon, Patricia Maria
Bastos, Sérgio Augusto Pereira
Castro, Luiz Ricardo Kabbach de
Título em português
Medidas de qualidade de governança corporativa: um estudo comparativo entre suas relações com os retornos das ações
Palavras-chave em português
Índices de Qualidade de Governança Corporativa
Medidas de Qualidade da Governança Corporativa
Retornos sobre ações
Resumo em português
Um dos principais focos da pesquisa sobre governança corporativa é investigar se boas práticas refletem no desempenho da companhia. Entretanto, as pesquisas neste tema têm apresentado resultados divergentes, possivelmente em função da dificuldade de definir e mensurar a qualidade da governança corporativa. Muitos dos estudos que investigam a qualidade da governança corporativa baseiam-se na criação de índices para refletir tal construto, enquanto outros utilizam-se da classificação feita pela BM&FBovespa em Níveis Diferenciados de Governança Corporativa. Porém, há uma lacuna em estudos brasileiros que comparem a eficácia destas diferentes medidas que visam captar a qualidade da Governança Corporativa. Desta maneira, o objetivo deste estudo foi verificar se uma medida complexa de governança, desenvolvida pela literatura é mais eficaz que a medida construída pelo mercado, e assim, comparou o Índice de Qualidade de Governança de Correia, Amaral e Louvet (2011), com os Níveis Diferenciados de Governança Corporativa. Para cumprir esse objetivo, o presente estudo verificou a eficiência destas duas medidas em explicar os retornas das ações e para as análises foram utilizadas regressões em painel, para uma amostra com dados de seis anos (2010-2015), para 124 empresas listadas na BM&FBOVESPA. Os resultados encontrados mostraram que a listagem nos Níveis Diferenciados de Governança Corporativa 1 e 2 possuem impacto estatisticamente significativo sobre os retornos das ações, enquanto que o Índice de Governança Corporativa de Correia, Amaral e Louvet (2011) não apresentou influência significativa nos retornos das ações, demonstrando que a classificação em Níveis Diferenciados de Governança Corporativa seria uma melhor medida de qualidade de governança; Entretanto, uma análise comparativa com modelos sem utilizar quaisquer umas das variáveis de governança corporativa citadas, mostrou que estas variáveis refletoras de governança corporativa pouco agregam à explicação dos retornos, concluindo assim, que a adição de variáveis proxies relacionadas à qualidade da governança não aumenta a capacidade em explicar os retornos das empresas listadas.
Título em inglês
Corporate Governance's Quality Measures a comparative study of their relationship with stock returns
Palavras-chave em inglês
Indices of Corporate Governance
Measures of Corporate Governance Quality
Returns on stocks
Resumo em inglês
One of the main focuses of corporate governance research is to investigate whether good practices reflect the company's performance. However, research on this topic has presented divergent results, possibly due to the difficulty of defining and measuring the quality of corporate governance. Many of the studies that investigate the quality of corporate governance are based on the creation of indices to reflect this construct, while others use the classification in Listing Segments made by BM&FBovespa. Thus, there is a gap in Brazilian studies comparing the effectiveness of these different measures aiming to capture the quality of Corporate Governance. In this way, the objective of this study was to verify if a complex measure of governance, developed in the literature is more effective than the measure constructed by the market, and for this pourpose, it compares the Governance Quality Index, developed by Correia Amaral and Louvet (2011), with the Listing Segments by BM&FBovespa. In order to fulfill this objective, the present study verified the efficiency of these two measures in explaining the stock returns, and, for the analyzes, panel regressions were used for a sample with data of six years (2010-2015) for 124 companies listed on the BM & FBovespa. The results found that the listing in the segments Levels 1 and 2 have a statistically significant impact on stock returns, while the Corporate Governance Index by Correia, Amaral and Louvet (2011) did not present significant influence on stock returns. This results demonstrated that the classification in Listing Segments would be a better measure of governance quality. However, a comparative analysis with models without using any of the mentioned corporate governance variables, showed that these variables do not add much to the explanation of returns, concluding that the addition of proxy variables related to governance quality does not increase the ability to explain the returns of listed companies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.