• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.96.2011.tde-17012012-155042
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Cardoso Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Bialoskorski Neto, Sigismundo (Presidente)
Braga, Marcelo José
Silveira, Alexandre di Miceli da
Título em português
Conselho fiscal e auditoria em cooperativas agropecuárias: uma análise sobre a adoção de práticas de monitoramento
Palavras-chave em português
Cooperativas agropecuárias
Mecanismos de monitoramento
Práticas de governança corporativa
Resumo em português
A presente pesquisa analisa as práticas de governança corporativa indicadas aos seguintes mecanismos de monitoramento: (a) o conselho fiscal; (b) a auditoria externa e (c) a auditoria interna. Buscou-se verificar quão próximas as cooperativas agropecuárias estão do que é indicado pelos códigos de melhores práticas de governança. Utiliza-se como fundamentação teórica a perspectiva da firma como um conjunto de contratos em um contexto no qual pode existir delegação de parte do poder de controle e decisão dos ativos. Assim, analisa-se teoricamente as motivações para a adoção de estruturas de governança corporativa que desempenhem funções de monitoramento da gestão. Para tanto, considera-se a condição de incompletude dos contratos, os pressupostos comportamentais da racionalidade limitada e oportunismo dos agentes econômicos e o processo decisório em um contexto de propriedade coletiva. Nas análises, utilizou-se primeiramente as cooperativas agropecuárias constantes no banco de dados da FIPECAFI Melhores e Maiores entre os anos de 2005 e 2009. A amostra foi composta por 72 cooperativas para o período de cinco anos. Verifica-se que as empresas de auditoria externa que compõem o grupo das maiores apresentam menor representatividade no mercado de auditoria independente para cooperativas comparadas às menores empresas de auditoria constantes no banco de dados. Ainda, aplicou-se um questionário fundamentado nos Códigos de Melhores Práticas de Governança Corporativa do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Cooperativa) e da OECD (Organization for Economic Co-operation and Development), sendo que o instrumento apresenta Alfa de Cronbach de 0,77. Verifica-se que as práticas e mecanismos de governança indicados em códigos de governança corporativa, apresentam níveis de adoção consideravelmente menores comparados àqueles presentes em lei, não sendo possível verificar tendência para adoção de práticas que não são regulamentadas na maior parte das cooperativas agropecuárias estudadas. Apesar de constatada maior adoção de práticas regulamentadas, os estudos de caso realizados em duas cooperativas comuns à amostra do banco de dados da FIPECAFI e do questionário apontam a tendência de cooperativas maiores implementarem práticas de governança corporativa não regulamentadas.
Título em inglês
Fiscal board and audit in agricultural cooperatives: an analisys of the monitoring praticies adoption level
Palavras-chave em inglês
Agricultural cooperatives
Corporate governance practices
Monitoring mechanisms
Resumo em inglês
This research examines the corporate governance practices related to the following monitoring mechanisms: (a) the fiscal board, (b) the external audit and (c) the internal audit. The aim is to determine how close the agricultural cooperatives are from the recommended by codes of best corporate governance practices. It is used as the theoretical perspective that the firm is a set of contracts in a context where it is possible the delegation of part of power to the control of assets. Its analyzed theoretically the reasons to adopt corporate governance practices that perform monitoring functions of management. For that, was considered the condition of incompleteness of contracts, the behavioral assumptions of bounded rationality and opportunism of economic agents and the decision-making in the context of collective proprietorship. In the analysis was primarily used the agricultural cooperatives contained in the database of FIPECAFI Better and Bigger in the years 2005 to 2009. The sample was composed of 72 cooperatives for the period of five years. It appears that the external audit firms of Bigger group are less representative in the independent auditors for cooperatives market if compared to smaller audit firms listed in the database. A questionnaire, based on Codes of Best Practice for Corporate Governance IBGC (Brazilian Institute of Cooperative) and OECD (Organization for Economic Co-operation and Development), was applied and the instrument has Cronbachs Alpha of 0, 77. It is verified that corporate governance practices and mechanisms that are indicated in codes, have lower level of adoption compared to those regulated by law. It was not possible to verify the tendency to adopt corporate governance practices indicated in codes in most agricultural cooperatives studied. Despite most part of corporate governance practices verified by the questionnaires application are regulated by law, case studies realized in two cooperatives that make part of questionnaire and FIPECAFI database, point to the tendency of large cooperatives implement not regulated corporate governance practices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-02-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.