• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.98.2013.tde-11062013-085036
Documento
Autor
Nome completo
Breno Oliveira Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Abizaid, Alexandre Antonio Cunha (Presidente)
Brito Júnior, Fábio Sandoli de
Alves, Claudia Maria Rodrigues
Feres, Fausto
Pinto, Ibraim Masciarelli Francisco
Título em português
Avaliação da função endotelial após o implante de stents com revestimento cerâmico e baixas doses de sirolimus: estudo prospectivo, duplo-cego e randomizado
Palavras-chave em português
Doença das coronárias
Endotélio
Sirolimus
Stents farmacológicos
Resumo em português
A disfunção endotelial é uma das possíveis causas relacionadas à taxa mais elevada de trombose após o implante da primeira geração de stents farmacológicos. Se a presença do polímero durável ou elevada dose de fármacos antiproliferativos, ou ambos, são responsáveis por este fenômeno não está definido. O Estudo VESTASYNC II comparou um novo stent farmacológico, com superfície revestida por uma camada porosa de hidroxiapatita e impregnado com baixa dose de sirolimus. (55?g - stent VestaSync®) com seu equivalente não farmacológico (Stent VestaCor® ). O Vestasync II é um estudo prospectivo, randomizado (2:1) e duplo-cego, que incluiu pacientes com lesões de novo em artérias nativas com extensão menor que 14mm, com diâmetro entre 3,0 e 3,5mm. Um subgrupo composto por 20 pacientes (10 em cada grupo) submeteu-se à avaliação da função endotelial, no seguimento angiográfico de oito meses. O objetivo primário foi a comparação da vasomotricidade após o implante de stents com a mesma plataforma, com e sem eluição de sirolimus, a fim de determinar o real impacto de baixa dose do sirolimus na função endotelial. O desfecho de eficácia foi a perda luminal tardia e o porcentual de obstrução intra-stent. A avaliação da função endothelial foi realizada através da estimulação atrial com marcapasso (20ppm acima da frequência cardiaca basal até alcançar 150ppm) e o diâmetro luminal foi mensurado nas extremidades proximal e distal do stent e em um segmento controle, em estágios diferentes (repouso, sucessivas fases do estímulo e após a infusão intracoronária de nitroglicerina). A eficácia deste novo dispositivo foi confirmada por angiografia coronária quantitativa (perda luminal tardia VestaSync = 0,39 mm vs. 0,78 mm, p=0,005) e ultrassom intravascular (% obstrução VestaSync 9,3% vs. 17,6%, p= 0,005). Houve variação negativa no diâmetro luminal, entre o repouso e o estímulo máximo, nas bordas proximal (10%) e distal (8%). Entre os segmentos controles esta variação não alcançou 3%. A eluição de dose baixa do sirolimus não parece interferir na função endotelial, oito meses após o implante do stent sem polímero revestido com hidroxiapatita.
Título em inglês
Endothelial function evaluation after a ceramic surface coating stent with low dose of sirolimus implantation: a prospective, double-blinded and randomized trial
Palavras-chave em inglês
Coronary artery disease
Drug-eluting stents
Endothelium
Sirolimus
Resumo em inglês
Endothelium dysfunction is among the possible causes related to higher thrombosis rates after first generation drug-eluting stents implant. Whether the presence of durable polymer or high anti-proliferative drug dose, or both, can be responsible for this phenomenon is not clear. The VESTASYNC II trial compared a novel polymer-free drug-eluting stent with a nanothinmicroporous hydroxyapatite surface coating impregnated with a low-dose of sirolimus (55?g-VestaSyncTM stent) to a bare-metal equivalent also coated with a nanothin-microporous hydroxyapatite surface (VestaCorTM stent). This is a randomized (2:1), double-blinded trial which enrolled patients with single de novo lesions in native coronary arteries from 3.0 to 3.5mm diameter and less than 14mm in length. A subset of 20 patients (10 from each group) underwent to endothelial function assessment at eight-month angiographic follow-up. The primary objective was to compare the vasomotricity after implantation of stents with the same platform, with and without drug elution, to determine the real impact of low-dose sirolimus release in endothelial function. Efficacy endpoint was in-stent late loss and % of stent obstruction. Endothelial function was assessed with atrial pacemaker stimulation (20 ppm over basal cardiac frequency until reach 150 ppm) and the lumen diameter was measured at 5 mm of proximal and distal stent edges and in a control segment, in different stages (at rest, at successive phases of stimulli and after nitroglycerin intracoronary infusion). The efficacy of this new device was confirmed by means of quantitative coronary angiography (late loss VestaSync = 0.39 mm vs. 0.78 mm, p=0.005) and intravascular ultrasound (% obstruction VestaSync 9.3% vs. 17.6%, p= 0.005). There was a negative variation in luminal diameter between basal and maximum stimulli in proximal (10%) and distal (8%) edges of both groups. Among control segments this variation did not reach 3%. The elution of low-dose of sirolimus does not seem to interfere in endothelial function 8 months after polymer-free hydroxyapatite coating stent implantation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseBrenoAlmeida.pdf (3.87 Mbytes)
Data de Publicação
2013-06-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.