• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.98.2013.tde-24062013-113919
Documento
Autor
Nombre completo
Marco Aurelio Finger
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Dinkhuysen, Jarbas Jakson (Presidente)
Bacal, Fernando
Branco, João Nelson Rodrigues
Rossi Neto, João Manoel
Souza, Luiz Carlos Bento de
Título en portugués
Hipernatremia do doador como fator de risco para falência primária de enxerto após transplante cardíaco ortotópico
Palabras clave en portugués
Enxerto cardíaco
Falência primária do enxerto
Transplante cardíaco
Resumen en portugués
Introdução: O transplante cardíaco exerce um papel relevante no tratamento da insuficiência cardíaca grave. Dentro dos desfechos desfavoráveis a seus resultados, a falência primária do enxerto é reconhecida, como condição de gravidade e mortalidade elevada. Os fatores implicados no aparecimento da falência primária do enxerto ainda não são bem esclarecidos e sua relevância é pouco estudada. Objetivo: Observar se há associação entre hipernatremia do doador e de outras variáveis com o desenvolvimento da falência primária do enxerto (FPE). Métodos: Foram avaliados, retrospectivamente, 200 pacientes submetidos à cirurgia de Transplante Cardíaco Ortotópico (TxC) no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC), no período entre 01/01/2001 e 31/12/2010, sendo cotado os níveis de sódio sérico no doador. Além disto, foram avaliados outros fatores relacionados ao doador, ao receptor e ao procedimento cirúrgico. Após a identificação de que o sódio sérico do doador estava elevado no grupo de receptores com FPE, um ponto de corte foi obtido pela curva ROC. O nível de significância dos testes foi de 5%. Um modelo de regressão logística múltipla foi ajustado para avaliar os efeitos de fatores e covariáveis presentes na FPE. Resultados: Entre os pacientes que desenvolveram falência primária do enxerto, a média do sódio sérico foi de 162,0 mEq/l contra 153,6 mEq/l dos que não apresentaram FPE. O valor de corte pela curva ROC foi de 159 mEq/l. Houve diferença significativa (p< 0,03) entre os dois grupos com aumento de ocorrência de falência primária do enxerto nos pacientes que receberam órgãos oriundos de doadores com sódio sérico >159mEq/l. A outra variável que apresentou valor significativo (p=0,04) foi o tabagismo do doador. Conclusão: Com base nesses achados, observou-se que existe associação entre a elevação do sódio sérico do doador com o desenvolvimento de falência primária do enxerto, após o transplante cardíaco.
Título en inglés
Hypernatremia of donor as a risk factor for primary graft failure after heart transplantation
Palabras clave en inglés
Graft cardiac
Heart transplantation
Primary graft failure
Resumen en inglés
Introduction: Cardiac transplantation has a role in the treatment of severe heart failure. Within the unfavorable outcomes to their results, the primary graft failure is recognized as a condition of severity and high mortality. The factors involved in the onset of primary graft failure are still unclear and their relevance is poorly studied. Objective: Observe if there is an association between donor hypernatremia and other variables with the development of primary graft failure (PGF). Methods: We retrospectively evaluated 200 patients who underwent surgery for orthotropic heart transplantation (HT) at the Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC) in the period between 01/01/2001 and 12/31/2010, and evaluated the serum sodium levels in the donor. Furthermore, we assessed other factors related to the donor, the recipient and the surgical procedure. After identification that the donor serum sodium was higher in the group of receivers with PGF, a cutoff point was obtained by ROC curve. The level of significance of the tests was 5%. A multiple logistic regression model was fitted to assess the effects of factors and covariates present in PGF. Results: Among patients who developed primary graft failure, the mean serum sodium was 162.0 mEq/l versus 153.6 mEq/l of which showed no PGF. The cutoff value for the ROC curve was 159 mEq/l. There was an important difference (p <0.03) between the two groups with increased incidence of primary graft failure in patients who received organs from donors with serum sodium> 159 mEq/l. The other variable that showed a significant value (p = 0.04) was smoking from the donor. Conclusion: Based on these findings, we observed that there is an association between elevated serum sodium from the donor with the development of primary graft failure after heart transplantation.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-06-26
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.