• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.99.2017.tde-24012017-082754
Documento
Autor
Nome completo
Michel Rodrigues Ferreira Grillo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Galisteo Junior, Andrés Jimenez (Presidente)
Ferreira, Karen Spadari
Vieira, Daniel Perez
Título em português
Efeito da radiação ionizante Cobalto 60 na morfologia e metabolismo de leveduras e clamidoconídios de Candida albicans
Palavras-chave em português
Candida albicans
Leveduras
Linfócitos
Metabolismo
Morfologia animal
Radiação gama
Resumo em português
Candida albicans é um fungo de grande importância médica e veterinária por ser patogênico ao homem e a outros animais de sangue quente, sendo responsável por 80 a 90% das infecções fúngicas. Por apresentar sintomas semelhantes aos de infecções bacterianas sistêmicas há uma dificuldade para seu diagnostico imediato. Essas dificuldades podem levar a atrasos da terapia antifúngica, o que contribui para as altas taxas de mortalidade associadas a essa infecção. A capacidade de alternar entre levedura e hifa (dimorfismo) é um dos atributos de virulência comum a C. albicans. Estruturas de resistência denominadas clamidoconídios são muito comuns neste patógeno, representando tipos celulares distintos que se formam em resposta a determinadas condições genéticas ou ambientais. Recentemente, diversos fármacos antifúngicos e novas estratégias terapêuticas têm entrado em uso, possibilitando ao fungo a aquisição de uma resistência aos fármacos. O uso de radiação ionizante tem sido empregado para produção de imunógenos. A eficácia da ação fungicida de uma determinada dose de radiação depende de alguns fatores, tais como, fase de seu ciclo de vida e espécie. Estes fatos determinaram a presente pesquisa, que teve como objetivo avaliar os efeitos da radiação gama (60Co) em leveduras e clamidoconídios de C. albicans com doses entre 320 e 10240 Gy. Houve a perda da capacidade reprodutiva dos clamidoconídios e das leveduras em doses de 6000 Gy. A viabilidade das leveduras irradiadas manteve-se superior a 85% e os clamidoconídios mantiveram sua viabilidade superior a 70%. A análise linfoproliverativa resultou em significância de p<0,001 para ambas as formas. Através da microscopia de transmissão e de fluorescência pode-se notar alterações citoplasmáticas e anomalias na parede celular de ambas as formas morfológicas de C. albicans.
Título em inglês
Effects of 60 Cobalt ionizing radiation in morphology and metabolismo of yeasts and chlamydospore of Candida albicans
Palavras-chave em inglês
Animal morphology
Candida albicans
Gamma radiation
Lymphocytes
Metabolism
Yeasts
Resumo em inglês
Candida albicans is a fungus of great medical and veterinary importance to be pathogenic to humans and other warm-blooded animals, accounting for 80-90% of fungal infections. Because the symptoms are similar to those of systemic bacterial infections there is a difficulty for immediate diagnosis. These difficulties can lead to delays of antifungal therapy, which contributes to the high mortality rates associated with this infection. The ability to switch between yeast and hyphae (dimorphism) is one of the attributes of common virulence of C. albicans. Resistance structures called chlamydospores are very common in the pathogen, representing different cell types that form in response to certain genetic or environmental conditions. Recently, several antifungal agents and new therapeutic strategies have come into use, allowing the fungus to acquire a resistance to the drugs. The use of ionizing radiation has been used to produce immunogens against several parasites. The efficacy of the fungicidal action of a given dose of radiation depends on factors such as stage of its life cycle and kind. These facts determined the present study, which aimed to evaluate the effects of gamma radiation (60Co) in yeast and chlamydospores of C. albicans with 320 and 10240 Gy doses. There was damage of reproductive capacity of chlamydospores at 6000 Gy doses and the reproductive capacity of yeast at 6000 Gy.doses. The viability of irradiated yeasts remained greater than 85% and chlamydospores maintained their viability higher than 70%. The lymphoproliferative analysis resulted in significance of p<0.001 for both forms. Through microscopy and fluorescence microscopy may be noted cytoplasmic changes and abnormalities in the cell wall of both morphological forms of C. albicans.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.