• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.12.2017.tde-16052017-101704
Documento
Autor
Nome completo
Jose Carlos de Souza Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Banca examinadora
Postali, Fernando Antonio Slaibe (Presidente)
Barossi Filho, Milton
Costa, Oswaldo Luiz do Valle
Cruz, Helio Nogueira da
Rosenfeld, Rogério
Título em português
Reação e previsão: tipificação do comportamento dos investidores no mercado de ações brasileiro
Palavras-chave em português
Anomalias de mercado
Comportamento do investidor
Decisões de investimento
Efeito disposição
Momento
Opinião contrária
Resumo em português
A teoria de finanças comportamentais emergiu se contrapondo à teoria clássica para explicar como e por que agentes podem se comportar de forma não racional e o mercado, de maneira ineficiente. Um mercado eficiente é aquele cujos preços de seus ativos refletem completamente toda a informação pública e privada disponível. Dentre os desdobramentos de um mercado eficiente, destaca-se que os preços de seus ativos devem reagir rapidamente aos choques de informação e, portanto, tendências ou persistências nos preços não poderiam ser observadas. Entretanto, a pesquisa acadêmica é vasta em trabalhos que documentam fenômenos de mercados, conhecidos como anomalias, que não são previstos pelos fundamentos da teoria clássica do investimento e se posicionam contra a hipótese de eficiência de mercado. O presente trabalho teve como objeto de estudo um desses fenômenos, o viés de comportamento dos investidores. Mais precisamente, o trabalho visou a investigar o comportamento de diversos tipos de investidores no âmbito de suas atividades de compra e venda de ativos no mercado de ações brasileiro. Para tanto, observou-se, de forma agregada, como o volume de compra e venda para esses investidores se relaciona com o retorno passado e o retorno futuro do mercado. Destacaram-se os resultados para os investidores do grupo pessoa física e investidores estrangeiros. Para o grupo pessoa física, observaram-se sinais de comportamento orientado por Efeito Disposição, dado que a razão entre volume financeiro de compra e venda mostrou-se negativamente correlacionada com o retorno passado no curto prazo. Esta evidência pode ser explicada por ganhos passados resultantes de comportamentos motivados por Efeito Disposição, em que investidores apresentam uma predisposição a se desfazer rapidamente, realizando o ganho, de ativos com alto desempenho. Tal hipótese pôde ser confirmada testando-se a assimetria do efeito de reação, cujos resultados apontaram para uma maior significância em relação aos ganhos passados e não às perdas, i.e., retornos passados altos ou moderados foram capazes de explicar um aumento na razão compra e venda, enquanto que as quedas de mercado passadas possuem menor relevância para este mesmo efeito. No que diz respeito a capacidade de prever movimentos do mercado, não se constatou relação do comportamento do investidor pessoa física com comportamentos futuros do mercado. O grupo investidor estrangeiro foi o único a apresentar relação positiva entre retorno passado e fluxo de investimento, o que pode ser interpretado como um indício de que investidores estrangeiros se utilizam da estratégia Momentum. Para este tipo de investidor também foi encontrado correlação positiva com retornos futuros, evidência que pode ser justificada por sua maior habilidade em antecipar comportamentos do mercado. Uma segunda análise indicou que essa capacidade de prever retornos futuros está relacionada a antecipações de quedas elevadas de mercado. Ou seja, movimentos de quedas do mercado foram antecedidas por redução na razão entre volume de compra e venda realizada por esse tipo de investidores.
Título em inglês
Reaction and forecasting: typification of investor behavior in the brazilian stock market.
Palavras-chave em inglês
Contrarian
Disposition effect.
Investment decision
Investor behavior
Market anomalies
Momentum
Resumo em inglês
The behavioral finance theory arose in opposition to the standard theory with the aim of explaining how and why certain agents tend to behave irrationally, and markets, inefficiently. An efficient market is one whose asset prices fully portray all available public and private information. Within an efficient market’s several possible outcomes, one that must be pointed out is that its asset prices should immediately react to information shocks and, thus, price trends or price persistence were not taken into account. There are, nevertheless, a great number of papers examining market phenomena known as anomalies that the foundations of the conventional investment theory fail to predict, and which oppose the efficient market hypothesis. This paper’s subject matter is precisely one of these afore mentioned phenomena, investor behavioral biases. To be more specific, this paper intended to examine different investor type behaviors with regards to their actions of buying and selling shares in the Brazilian stock market. In order to do so, we proceeded to look collectively at just how these investors’ buying and selling volume relates to past and future market returns. Results for both individual and foreign investors stood out. Among the individual investors group, we recognized disposition effect-driven behavior patterns, since the buying and selling volume ratio was negatively equated with past returns. This can be explained by past returns resulting from disposition effect-motivated behaviors, in which investors are predisposed to rapidly undoing and realizing gains from high return assets. This hypothesis was evidenced after carrying out asymmetric reaction effect tests, whose results showed that past gains were more significant than past losses, ie, high or moderate past returns succeeded in explaining the buying/selling ratio increase, whereas past market losses failed to do so. With regards to predicting market performance, no relationship was found between individual investor behaviors and future market behaviors. The foreign investor group was the only one to exhibit a positive relationship between past returns and investment flows, which can be construed as an indicator that foreign investors employ Momentum investment strategies. A positive equivalence with future returns was also recognized within this investor type, proof that can be further supported by their greater ability to predict market behaviors. A second examination revealed that this very same ability to predict future returns is associated with predicting steep market losses. In other words, market loss trends were preceded by buying/selling volume ratio decreases carried out by this investor type.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.