• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Livre Docencia
DOI
10.11606/T.6.2011.tde-10022011-143955
Documento
Autor
Nome completo
Adelaide Cassia Nardocci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Banca examinadora
Assuncao, Joao Vicente de (Presidente)
Andrade, Maria de Fatima
Goncalves, Fabio Luiz Teixeira
Ribeiro, Helena
Tavares, Tânia Mascarenhas
Título em português
Avaliação probabilística de riscos da exposição aos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) para a população da cidade de São Paulo.
Palavras-chave em português
Avaliação probabilística de exposição
Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos
Método de Monte Carlo
Risco de câncer no tempo de vida.
Resumo em português
A avaliação probabilística de riscos tem sido utilizada para subsidiar o gerenciamento das exposições ambientais as substâncias químicas carcinogênicas, como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Estas substâncias estão amplamente disseminadas no ambiente e algumas delas são consideradas carcinogênicas ou potencialmente carcinogênicas para seres humanos. Objetivo: Avaliar o incremento de risco de câncer no tempo de vida (IRLT) decorrente da exposição ambiental aos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) para a população da cidade de São Paulo. Método: Modelos probabilísticos dos fatores de exposição foram integrados com o uso dos fatores potenciais equivalentes (PEFs) e o IRLT foi estimado para grupos etários específicos. Os caminhos de exposição considerados foram inalação, ingestão de água e ingestão de alimentos e a estimativa dos riscos e a análise de sensibilidade foram realizadas com o uso do método de Monte Carlo. Resultados: O valor de IRLT obtido foi de 1x10-4, indicando risco elevado para a população. Os valores da mediana do incremento de risco para inalação, ingestão de água e ingestão de alimentos foram de 1x10-5, 8x10-5 e 3 x10-5 respectivamente, portanto, acima do valor considerado tolerável. de 1x10-6 .As crianças de 0 a 5 anos apresentaram risco mais elevado para inalação e adultos apresentaram maior risco para ingestão de água e ingestão de alimentos. A análise de sensibilidade mostrou que a taxa de ingestão de água, a concentração de B[a]P na água e o peso corpóreo para adultos foram as variáveis que mais influenciaram o IRLT. Conclusão: O incremento de risco de câncer para a população de São Paulo é elevado e a exposição aos HPAs é um problema relevante que deve ser considerado pelas agências de saúde e ambiente. Valores de referência para as concentrações de HPAs em água, ar e alimentos necessitam ser revistos ou definidos visando a redução dos riscos para população para níveis toleráveis.
Título em inglês
Probabilistic risk assessment from exposure to polycyclic aromatic hydrocarbon (PAHs) for the population of São Paulo.
Palavras-chave em inglês
incremental lifetime cancer risk
Monte Carlo methods
Polycyclic aromatic hydrocabons (PAHs)
Probabilistic risk assessment.
Resumo em inglês
Probabilistic risk assessment has been used to support the management of environmental exposure to carcinogenic chemical substances such as polycyclic aromatic hydrocarbon (PAHs). These substances have been found widely distributed in the environment and some of those are considered as potential carcinogenic to human beings. Objective: Assessing the incremental lifetime cancer risk (IRLT) due to environmental exposure to polycyclic aromatic hydrocarbon (PAHs) for population of São Paulo city. Method: Exposure factors were integrated to probabilistic models using potency equivalency factors (PEFs) and the IRLT was estimated for specific age groups. Exposure routes considered were inhalation, water and food ingestion. Monte Carlo method was utilized to estimate the risk as well as sensitivity analysis. Results: The IRLT obtained was 1x10-4, suggesting high risk for the population. The incrementing median of risk for inhalation, water ingestion and food ingestion were 1x10-5, 8x10-5 e 3 x10-5 , respectively, therefore, above from 1x10- 6 which is considered tolerable. The 0 to 5 year-old group presented the highest risk to inhalation route and for adults the highest risk was observed for water and food ingestion. Sensitivity analysis revealed that water ingestion rate, B[a]P concentration in water and body weight were the greatest contributors to the IRLT. Conclusion: The incremental cancer risk for population of São Paulo is high and the exposure to PAHs is a relevant concern that must be considered by health and environmental agencies. There is a clear need that reference values for PAHs concentrations in water, air and food must be revised or defined to lead the reduction of risks which are imposed for the population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.