• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.58.2013.tde-22072013-143833
Documento
Autor
Nome completo
Marcela Moreira Salles
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Paranhos, Helena de Freitas Oliveira (Presidente)
Ribeiro, Ana Paula Dias
Silva, Cláudia Helena Lovato da
Título em português
Eficácia da ação antimicrobiana de soluções químicas - hipoclorito alcalino e mamona (Ricinus communis) - frente a micro-organismos específicos
Palavras-chave em português
Ricinus communis
biofilmes
higienizadores de dentadura
hipoclorito de sódio
prótese total
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de estudo laboratorial e clínico, a eficácia de soluções de hipoclorito alcalino (0,25% e 0,5%) e à base de mamona (Ricinus communis) a 10% quanto à ação antimicrobiana frente a micro-organismos específicos, por meio da contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFC). No estudo laboratorial, a partir de matrizes metálicas quadrangulares (10 x 2 mm), foram confeccionados 360 corpos de prova de resina acrílica termopolimerizável (Lucitone 550), os quais foram esterilizados em micro-ondas (650W, por 6 minutos), contaminados com cepas de Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa, Candida albicans, Bacillus subtilis, Escherichia coli, Streptococcus mutans, Enterococcus faecalis e Candida glabrata e imersos (20 minutos) em soluções higienizadoras (n=10): Grupo A - Hipoclorito de sódio 0,25%; Grupo B - Hipoclorito de sódio 0,5%; Grupo C - Solução de mamona a 10%; Grupo D (Controle positivo) - solução salina e Grupo E (Controle negativo) - sem contaminação e imerso em solução salina (n=5). Em seguida, foram lavados em solução salina e imersos em meio de cultura líquido (Letheen), a partir do qual foram obtidas diluições seriadas (100 e 10-3), as quais foram semeadas em meios de cultura seletivos. Após incubação a 37ºC por 24 horas, as colônias foram contadas e os valores de UFC/mL calculados. No estudo clínico, 64 pacientes, usuários de próteses totais, foram orientados a escovar suas próteses (escova Bitufo® e sabonete líquido neutro) três vezes ao dia e imergí-las (20 minutos), uma vez ao dia, em soluções: Solução 1 - Hipoclorito de sódio 0,25%; Solução 2 - Hipoclorito de sódio 0,5%; Solução 3 - Solução de mamona a 10% e Solução 4 - solução salina (controle). De acordo com uma sequência aleatorizada, cada solução foi utilizada por 7 dias, com um período de wash out entre elas. A avaliação da ação antimicrobiana foi realizada antes dos uso dos produtos (Baseline) e após os 7 dias de uso de cada uma das soluções, por meio da contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFC) de Streptococcus mutans, Candida spp. e gram negativos. Para coleta do biofilme, cada prótese total superior foi colocada em placa de Petri e a superfície interna escovada (escova Tek e solução salina) por 2 minutos, sendo a suspensão transferida para tubo de ensaio. Após diluições decimais (100 até 10-3), alíquotas de 50 μL foram semeadas em placas de Petri contendo Mitis Salivarius Agar Base, Chromagar® Candida e Mac Conkey Agar para a detecção de Streptococcus mutans, Candida spp. ou gram negativo, respectivamente. Após incubação a 37ºC (em microaerofilia durante 48-72 horas para grupo mutans e aerobiose durante 48 horas para Candida spp. e gram negativo), de acordo com morfologia típica, o número de colônias características foi mensurado e o número de UFC/mL calculado. Os dados obtidos foram transformados de acordo com a fórmula log10 (UFC+1) e analisados estatisticamente por meio do teste t de Student (α=0,05), para a análise laboratorial, e teste de Friedman (α=0,05), para a análise clínica. Os resultados mostraram que, no estudo laboratorial, as soluções de hipoclorito de sódio (0,25% e 0,5%) eliminaram completamente todos os micro-organismos. A solução de mamona eliminou completamente B. subtilis, não apresentou efeito sobre E. faecalis e apresentou ação antimicrobiana moderada frente às demais cepas, havendo redução significante (p < 0,05) do número de UFC quando comparado com o grupo D (controle positivo). No estudo clínico, houve diferença significante entre as soluções (P < 0,001), sendo que o hipoclorito de sódio a 0,5% apresentou ação efetiva sobre todos os micro-organismos avaliados (Candida spp., S. mutans e gram negativos); o hipoclorito de sódio 0,25%, ação efetiva sobre S. mutans e moderada sobre Candida spp. e gram negativos, e a solução de mamona, ação efetiva sobre S. mutans e moderada contra Candida spp. A espécie de Candida mais frequentemente isolada foi C. albicans, seguida pelas espécies C. tropicalis e C. glabrata. Concluiu-se que a solução de hipoclorito de sódio 0,5% foi a mais efetiva, apresentando ação antimicrobiana sobre ambos os biofilmes (in vitro e in vivo), seguida pela solução de hipoclorito de sódio 0,25% que apresentou ação antimicrobiana sobre o biofilme in vitro e sobre S. mutans (biofilme in vivo). A solução de mamona (10%) foi a menos efetiva, apresentando ação antimicrobiana sobre B. subtilis (biofilme in vitro) e S. mutans (biofilme in vivo).
Título em inglês
Efficacy of antimicrobial action of chemical solutions - alkaline hypochlorite and castor oil (Ricinus communis) - against specific microorganisms
Palavras-chave em inglês
Ricinus communis
biofilms
complete denture
denture cleansers
sodium hypochlorite
Resumo em inglês
The objective of this study was to evaluate, through laboratory and clinical study, the efficacy of alkaline hypochlorite solutions (0.25% and 0.5%) and 10% castor oil solution (Ricinus communis) about the antimicrobial action against specific microorganisms, by counting the number of Colony Forming Units (CFU). In the laboratory study, 360 denture base acrylic resin specimens (Lucitone 550) were obtained from square metal matrix (10 mm x 2 mm), which were sterilized with microwave (650W, for 6 minutes), contaminated with Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa, Candida albicans, Bacillus subtilis, Escherichia coli, Streptococcus mutans, Enterococcus faecalis and Candida glabrata and immersed (20 minutes) in the hygiene solutions (n = 10): Group A - 0.25% Sodium Hypochlorite; Group - B - 0.5% Sodium hypochlorite; Group C - 10% Castor oil solution; Group D (Positive Control) - saline and Group E (Negative Control) - no contamination and immersed in saline (n = 5). The specimens were washed in saline solution and immersed in liquid culture medium (Letheen), from which were obtained serial dilutions (100 to 10-3) and seeded into selective solid media. After incubation at 37º C for 24 hours, the colonies were counted and the values of CFU/mL calculated. In the clinical study, 64 complete denture wearers were instructed to brush their dentures (Bitufo ® brush and liquid neutral soap) three times a day and to soak them (20 minutes), once a day, in the solutions: Solution 1 - 0.25% Sodium Hypochlorite; Solution 2 - 0.5% Sodium hypochlorite; Solution 3 - 10% Castor oil and Solution 4 - saline (control). According to a randomized sequence, each solution was used for 7 days, with a period of wash out between them. The evaluation of the antimicrobial action was performed before the use of the products (Baseline) and after 7 days after using each solution, by counting the Colony Forming Units (CFU) of Streptococcus mutans, Candida spp. and gram negative. For collection of the biofilm, each upper complete denture was placed in a Petri dish, the internal surface was brushed with saline solution for 2 minutes and the suspension was transferred to a test tube. After decimal dilutions (100 to 10-3), aliquots of 50 uL were seeded inside Petri dishes containing Mitis Salivarius Agar Base, Candida Chromagar ® and Mac Conkey Agar for the detection of Streptococcus mutans, Candida spp. or gram negative, respectively. After incubation at 37° C (in microaerophilic conditions for 48-72 hours for mutans and aerobiosis for 48 hours for Candida spp. and gram negative), in accordance with characteristic morphology, the number of characteristic colonies was countedand the number of CFU/ml calculated. Data were processed following transformation into the formula log10 (CFU +1) and statistically analyzed using the Student t test (α = 0.05) for laboratory analysis, and Friedman test (α = 0.05), for clinical analysis. The results showed that, in the laboratory study, sodium hypochlorite (0.25% and 0.5%) eliminated completely all microorganisms. The Castor oil solution eliminated B. subtilis, had no effect on E. faecalis and showed moderate antimicrobial activity against other strains, with a significant reduction (p <0.05) in the number of CFU compared with group D (positive control). In the clinical study, there was significant difference between the solutions (P <0.001), and 0.5% sodium hypochlorite had effective action on all evaluated microorganisms (Candida spp., S. mutans and gram negative); 0.25% sodium hypochlorite had effective action on S. mutans and moderate on Candida spp. and gram negative, and the castor oil solution had effective action on S. mutans and moderate against Candida spp. . The Candida species most often isolated was C. albicans, followed by the species C. tropicalis and C. glabrata. It was concluded that the solution of 0.5% sodium hypochlorite was the most effective presenting antimicrobial action on both biofilms (in vitro and in vivo), followed by 0.25% sodium hypochlorite solution that showed antimicrobial activity on biofilms in vitro and on S. mutans (biofilm in vivo). The 10% castor oil was less effective, with antimicrobial action on Bacillus subtilis (biofilm in vitro) and S. mutans (biofilm in vivo).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.