• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Juliana Marcondes de Morais
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Lorena, 2019
Director
Tribunal
Barreto, Maria Auxiliadora Motta (Presidente)
Garcia, Roberta Veloso
Paulo, Rosa Monteiro
Romão, Érica Leonor
Título en portugués
Neurociência cognitiva e ensino híbrido: investigando o modelo por rotações no ensino de matemática
Palabras clave en portugués
Ensino Híbrido
Matemática
Neurociência Cognitiva
Situações-problema
Resumen en portugués
A dificuldade que os alunos possuem em aprender Matemática é comprovada pelos resultados das avaliações externas, cujos índices são insatisfatórios. No que diz respeito à resolução de situações-problema, há acentuada dificuldade, o que torna um verdadeiro problema para os professores, que, cada vez mais, precisam buscar metodologias para amenizar tais dificuldades e favorecer a aprendizagem. O Ensino Híbrido tem se apresentado como uma metodologia que atende essa necessidade. Foi realizada uma investigação sobre as bases da Neurociência Cognitiva, que podem sustentar a metodologia de Ensino Híbrido no ensino de Matemática nos anos iniciais da Educação Básica. A proposta foi aplicada em um 5º ano do ensino fundamental, fazendo uso do modelo rotação por estações, envolvendo habilidades em situações-problema do campo aditivo, multiplicativo e raciocínio lógico. Participaram 29 alunos, com faixa etária entre 10 e 11 anos, de uma escola pública do interior do estado de São Paulo. Para a coleta de dados foram realizados testes matemáticos, antes e depois da aplicação. Também foi utilizada a observação participante e semiestruturada de quatro categorias de análise, referentes aos pilares do Ensino Híbrido. Essa pesquisa tem sua abordagem na metodologia Teoria Fundamentada nos Dados (TFD), que consiste em uma investigação qualitativa. Os resultados encontrados foram satisfatórios e sugerem que os pilares do Ensino Híbrido possuem apoio teórico na Neurociência Cognitiva, de forma a poder indicá-los como possível meio que facilita a aprendizagem. Essas estratégias estimulam o desenvolvimento da memória de trabalho e das funções executivas, como atenção, flexibilidade cognitiva, controle inibitório e tomada de decisões.
Título en inglés
ognitive neuroscience and blended learning: investigating the model by rotations in mathematics teaching
Palabras clave en inglés
Blended Learning
Cognitive Neuroscience
Mathematics
Situations-problem
Resumen en inglés
The difficulty that students have in learning Mathematics is confirmed by the results of external evaluations, whose indices are unsatisfactory. There is marked difficulty in the resolution of problem situations, which makes it a real problem for teachers, who increasingly need to seek methodologies to mitigate such difficulties and favor learning. Blended Learning has been presented as a methodology that meets this need. This study presents an investigation of the foundations of Cognitive Neuroscience, which can support the Blended Learning methodology in the teaching of Mathematics in the early years of Basic Education. The proposal was applied to 5th grade elementary students, using the station-rotation model, involving skills in addition, multiplication, and logical reasoning problem situations. Twenty-nine students aged between 10 and 11 years old from a public school in a city of the state of São Paulo participated in the study. Mathematical tests before and after the application were performed for data collection. Participant and semi-structured observation with four categories of analysis referring to the pillars of Blended Learning were also used. This study uses the Grounded Theory (DBT) methodology, which is a qualitative investigation. The results found were satisfactory and suggest that the pillars of Blended Learning are theoretically supported by Cognitive Neuroscience, so that they are indicated to facilitate learning. These strategies stimulate the development of working memory and executive functions, such as attention, cognitive flexibility, inhibitory control, and decision-making.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
PED19006_C.pdf (3.32 Mbytes)
Fecha de Publicación
2019-11-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.